Os deputados Waldenor Pereira (federal) e Zé Raimundo (estadual) reuniram lideranças de mais de 30 municípios da região Sudoeste, Serra Geral, Bacia do Paramirim, Médio São Francisco e Chapada Diamantina na manhã de hoje (15), no Rotary Clube de Vitória da Conquista.

O evento contou com a participação dos secretários estaduais Jerônimo Teixeira, de Desenvolvimento Rural e Geraldo Reis, de Meio Ambiente, do presidente do Partido dos Trabalhadores de Vitória da Conquista, Rudival Maturano, do reitor da Universidade Estadual do Sudoeste, professor Luiz Otávio, além de prefeitos, vice-prefeitos, vereadores e vereadoras e outras lideranças políticas e comunitárias.

A plenária foi um momento para traçar planos para o ano de 2019, ouvir as lideranças, fazer um balanço das ações em 2018 e ainda de agradecimento pela vitória expressiva dos parlamentares em suas respectivas reeleições.

“Estamos realizando uma reunião com lideranças. Faremos uma plenária aberta a todos os companheiros no mês de fevereiro de 2019, com a presença da presidente nacional do Partido dos Trabalhadores, a companheira Gleisi Hoffman. Estamos decidindo pela data, mas não poderíamos deixar de fazer essa reunião com as lideranças de todos os municípios que apoiam os nossos mandatos, que apoiaram a nossa campanha eleitoral, pra poder fazer um rápido balanço das eleições na região e um debate traçando perspectivas para o próximo ano”, afirmou Waldenor.

“Os companheiros que foram pra militância em toda a Bahia, dando uma grande vitória ao nosso governador Rui Costa, aos nossos senadores, à nossa chapa também de deputados, fizemos um esforço muito grande para fortalecer o partido na região e naturalmente é um momento de agradecer os companheiros por todos os avanços. Sabemos também que é um momento muito desafiador, em função da conjuntura que vivemos no Brasil, mas isso não vai diminuir o nosso ímpeto, nossa energia política, nossa energia militante. Então essa é uma festa, um momento de confraternização com os amigos e companheiros, mas também da assunção dessa responsabilidade”, concluiu Zé Raimundo.

Imprimir