O deputado federal Waldenor Pereira realizou duras críticas ao prefeito de Vitória da Conquista, Herzem Gusmão, em pronunciamento realizado nesta quarta-feira (8), na Câmara dos Deputados. O parlamentar usou a tribuna para se solidarizar com os professores municipais da cidade que estão em greve há 19 dias e vem sofrendo retaliações da Prefeitura Municipal.

“Quero chamar a atenção a respeito da forma autoritária e truculenta com que a administração do senhor Herzem Gusmão vem tratando os servidores públicos deste que é um dos mais importantes municípios do Brasil e digo isso porque, durante a campanha eleitoral, através deste documento que foi registrado no tribunal regional eleitoral, o prefeito municipal apontava para a população de vitória da conquista o desejo de realizar uma gestão de diálogo, de entendimento, de exercício da boa política”, afirmou o deputado ao ler o Plano de Governo registrado pela coligação do MDB durante a campanha eleitoral de 2016.

Waldenor chamou de “estelionato eleitoral” a gestão de Gusmão na cidade, afirmando que “pouco a pouco a população está reconhecendo isto”.

“Passados já mais de um ano e meio, quase dois anos, de administração, as promessas, os compromissos assumidos durante a campanha eleitoral, na prática, não se efetivam, não se realizam”, enfatizou Waldenor.

Ao final do seu discurso, o deputado federal protestou “veementemente contra esse comportamento que utiliza da força, de diferentes instrumentos coercitivos para amedrontar os professores e os servidores públicos de Vitória da Conquista”.

Imprimir