A Comissão Mista de Planos, Orçamentos Públicos e Fiscalização, que tem entre seus membros titulares o deputado federal Waldenor Pereira (PT), aprovou nesta terça (27), por unanimidade,o relatório setorial da Área Temática 4- Integração Nacional, que tem no seu bojo a destinação de R$ 10 milhões para a construção de adutora no Rio São Francisco, com origem em Bom Jesus da Lapa e se estendendo até os municípios de Riacho de Santana e Igaporã.

Os recursos para a adutora são de emenda de bancada da Bahia, por indicação de Waldenor Pereira. “Estamos comemorando muito esta aprovação, por se tratar de uma indicação do nosso mandato. O valor original era de R$ 50 milhões, que não foi possível por insuficiência de recursos, mas o acolhimento da nossa indicação com o valor de R$ 10 milhões já assegura a execução da obra”, disse o deputado baiano.

Ao agradecer à comissão, o deputado Waldenor destacou a importância da adutora para o município de Riacho de Santana, que conta com mais de 30 mil habitantes e tem sido castigado com a estiagem no semiárido baiano, a ponto de necessitar de apoio de carros-pipa para o abastecimento de água.

Ele agradeceu também em nome das lideranças do município que lutam pela adutora, citando entre elas os vereadores Vera Lúcia e Jackson Bonfim, o presidente do PT de Riacho de Santana, Antônio Marcos, Elizabete, Dr. João Victor, Genilson e Marilúcia, e em especial o petista Gilson Silva, falecido recentemente, um dos mais empenhados pelo atendimento do pleito. Ele lembrou que na semana passada o vereador Jackson Bonfim esteve em Brasília, justamente para defender a aprovação da emenda.

Imprimir